Um Príncipe em Nova York: Paramount muda o diretor da continuação

Dança das cadeiras em Um Príncipe em Nova York 2! Craig Brewer (Ritmo de um Sonho) está substituindo Jonathan Levine (Meu Namorado é um Zumbi) na direção da comédia. O motivo não foi divulgado, mas o primeiro trabalhou recentemente com Eddie Murphy na biografia (ainda inédita) Dolemite Is My Name.

A sequência acompanha Akeem (Murphy) voltando para a América, após descobrir que tem um filho perdido no continente, que nem imagina ser o futuro herdeiro do trono de Zamunda. Por enquanto, não há outros nomes confirmados no elenco, mas Eddie deseja os retornos de Arsenio Hall, Shari Headley, John Amos e James Earl Jones para o novo capítulo.

 

Criador da série Black-ish, Kenya Barris irá reescrever um roteiro preparado por Barry Blaustein e David Sheffield. Já a produção é de Eddie Murphy e Kevin Misher (Inimigos Públicos). Coming 2 America (no original) não ganhou data de lançamento, mas as filmagens devem começar ainda em 2019.

Lançado em 1988, Um Príncipe em Nova York arrecadou quase US$ 300 milhões nas bilheterias mundiais e se tornou um clássico da Sessão da Tarde para o público brasileiro.

 

Fonte: Terra

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.

Notícias Recentes

CURTA NOSSA PÁGINA

Imagens Notícias

Vagas De Empregos em São Pedro-SP

Cantora Simone posa ao lado de Claudio Duarte e Bruna Karla e internautas não sabem lidar com foto

XV vence Inter de Limeira fora de casa em clássico regional, e estreia na Série A2 com o pé direito

Carro cai em ribanceira e deixa feridos em São Pedro

Corinthians marca nos acréscimos e empata com o São Caetano

Incêndio de grandes proporções atinge prédio do Instituto do Coração, na região da Paulista em São Paulo

Novo clipe de Priscilla Alcantara “quebra” internet com letra inovadora e gospel átipico

Carnaval gospel: Grupo evangélico cria bloco para evangelizar e causa polêmica